Seguidores

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

FUTEBOL 7 SOCIETY - Principal - Barra Funda perde nos pênalits para o Nazza, dando adeus a disputa do título da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha Futebol Society 2014/15.


Alexandre Feijão / 2015.
Associação Esportiva Barra Funda
Em pé: Ramon Santos, Passarinho, Rondinelli, Jadson, Juninho, Amauri, Godião e Bambam;

Agachados: Danilo Macário, Diego, Ganso, Xodó, Rodnei, Edmilson e Toupeira.



Numa derrota nas cobranças de penalidades pelo placar de 3 a 1, a equipe principal de futebol 7 society da Associação Esportiva Barra Funda, deu adeus a disputa do título da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha Futebol Society 2014/15, na fase de quartas-de-final. O 'Dragão das Praias' igualou o score do jogo no seu tempo normal, em 3 a 3, ao enfrentar o time do Nazza Informática Futebol Clube, em embate disputado no campo Santiago Bernabeu da própria Arena da Ilha, no inicio da noite de ontem (18/01). O zagueiro Rondinelli abriu o placar à favor do Barra Funda, que manteve esse resultado momentâneo de 1 a 0 até o final da primeira etapa. No segundo tempo, o Nazza conseguiu virar o jogo com um 3 x 1, forçando o 'Dragão das Praias' a correr atrás do resultado, fato que ocorreu, com gols do ala Juninho e do zagueiro / ala Jadson, empatando o jogo em 3 a 3, e provocando a decisão da vaga para as semifinais da competição, na cobrança de pênaltis, onde o time do Nazza foi mais efetivo.



Alexandre Feijão / 2014.
O zagueiro Rondinelli fez o 1º gol da Associação Esportiva Barra Funda, no jogo em que foram eliminados da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha 2014/15, para o Nazza Informática Futebol Clube, nas quartas-de-final.



Com várias opções de atletas para esse jogo, o treinador Alexandre 'Feijão' escalou o primeiro hepteto do Barra Funda com Bambam, Rafael Marcos, Rondinelli, Ganso, Diego, Edmilson e Passarinho, repetindo a escalação inicial da partida anterior pela competição. E a decisão foi acertada, já que aos 6'25", o primeiro gol da partida saiu com a autoria do zagueiro artilheiro Rondinelli, deixando o Barra Funda em vantagem. Esse tento colocou mais emoção no jogo, já que o Nazza pressionava em busca do empate, e o 'Dragão das Praias' armava novas jogadas ofensivas, para tentar aumentar a sua vantagem. O Nazza teve 2 lances de gols contestados nesse período, mas em jogadas irregulares, onde no primeiro lance, um jogador deles posicionou-se na frente do goleiro em cobrança de falta, o que não é permitido pela regra da modalidade, e no outro lance, cobrou um lateral para a direção do gol, tendo a bola entrado na meta sem tocar em nenhum jogador, o que invalida esse tento. O Barra Funda, também teve algumas chances de balançar as redes novamente, com lances protagonizados pelos meios / alas Edmilson e Ganso, e pelo meio Diego, sendo que esse viu a bola que havia chutado, bater na trave e sair pela linha de fundo. O último lance mais importante da primeira etapa, veio da cobrança de tiro livre direto dos 12 metros, que o ala Juninho, do Barra Funda, realizou em chute colocado, sendo defendido pelo goleiro Gustavo, do Nazza.



Alexandre Feijão / 2014.
A Associação Esportiva Barra Funda, contou com 1 gol do ala Juninho, no empate de 3 a 3 no tempo normal do jogo contra o Nazza Informática Futebol Clube, nas quartas-de final da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha 2014/15.



Após o intervalo, o Barra Funda voltou novamente formado com Bambam, Rafael Marcos, Rodinelli, Ganso, Diego, Edmilson e Passarinho. E esse inicio de etapa foi trágico para o Barra Funda, já que um apagão recaiu sobre os seus atletas, que viram estupefatos, o Nazza virar o jogo, com 2 gols. No primeiro, o ala Passarinho, do Barra Funda tinha a posse de bola, mas era apertado por 2 marcadores, e por estar pressionado, recuou para o zagueiro / meio Rafael Marcos, que não conseguiu dominar ou isolar a bola, que sobrou para Rafael, do Nazza, estufar as redes aos 2'35". Aos 3'20", a bola lançada pelo goleiro Gustavo, do Nazza, sobrou para Rafael, que levou a melhor na disputa no alto com Rafael Marcos, ficando livre para marcar o seu segundo gol, segundo também do Nazza. Aproveitando-se desse momento de perdição do Barra Funda, o Nazza chegou ao seu terceiro gol aos 7'55", com a autoria de Sandrão. O 'Dragão das Praias' recuperou-se desse choque de sofrer 3 gols consecutivos, e começou a pressionar os adversários, chegando ao seu segundo gol no jogo, com a autoria do ala Juninho, aos 18'30". Aos 26'45", a chance do Barra Funda empatar a partida, veio numa cobrança de tiro livre direto dos 12 metros, que o zagueiro / ala Jadson cobrou com uma patada, que o goleiro Gustavo não teve chances de defesa. Esse empate de 3 a 3, confirmado 2 minutos depois, ao final da partida, provocou a decisão da vaga para as semifinais, nos pênaltis, que começou com a cobrança de Aranha, do Nazza, que chutou no canto esquerdo inferior de Bambam, que ainda chegou a tocar na bola, mas não evitando o gol. Jadson foi para bater o primeiro pênalti do Barra Funda, e ao tentar mudar a característica do seu chute, viu a bola sair pelo lado esquerdo da trave da meta defendida por Gustavo. Com categoria, Felipe Lira bateu firme no canto oposto de onde Bambam estava, deixando o Nazza com 2 a 0 no placar. O meio Diego fez a segunda cobrança do 'Dragão das Praias', com um chute rasteiro no canto inferior direito do goleiro, convertendo o seu pênalti. Com 2 a 1 no placar, o Nazza precisava só converter a sua terceira cobrança, o que acabou ocorrendo, com o chute desferido por Rafael, que com esses 3 a 1, decretou a classificação da sua equipe para as semifinais da competição, e tirando o Barra Funda de vez da disputa do título da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha Futebol Society 2014/15.



Alexandre Feijão / 2015.
Num tiro livre, o zagueiro / ala Jadson marcou o 3º gol da Associação Esportiva Barra Funda, provocando o empate de 3 a 3, que levou o jogo para a decisão por pênaltis, pela 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha 2014/15.



Nas outras partidas das quartas-de-final da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha Futebol Society 2014/15, o Mato Grosso Futebol Clube venceu o Apocalipse Futebol Clube, por 8 a 3; o Vira Copos Futebol Clube acabou sendo derrotado pelo Boêmios Futebol, Samba & Cachaça, pelo placar de 9 a 1; e o River Plate Futebol Clube goleou o time do Embaixadores de Cristo Futebol Clube, com um 12 a 6. Boêmios x River Plate, e Nazza x Mato Grosso, serão as partidas pelas semifinais do certame. A Associação Esportiva Barra Funda continuará a sua jornada de amistosos nas noites de quinta-feira, no campo 1 do Centro de Treinamento Esportivo Gama Astúrias. A comissão técnica espera conseguir colocar a equipe em competição, até a metade do ano.



Alexandre Feijão / 2015.
O Nazza Informática Futebol Clube foi mais efetivo nas penalidades, vencendo a Associação Esportiva Barra Funda por 3 a 1, classificando-se para as semifinais da 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha 2014//15.




Ficha Técnica do Jogo:


ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA BARRA FUNDA
Guarujá / SP

3 (1)

X

3 (3)

NAZZA INFORMÁTICA FUTEBOL CLUBE
Guarujá / SP




Data: 18/01/2015.          Horário: 20:15 h.
Local: Arena da Ilha Futebol Society - campo Santiago Bernabeu.
Cidade: Guarujá / SP.
Árbitro: Luciano 'Papa-Léguas' e Luciano.
Anotador: Guilherme de Oliveira Alves.
Competição: 2ª Copa Brahma / Arena da Ilha Futebol Society 2014/15.



A.E. Barra Funda: 1 - Bambam, 11 - Rafael Marcos, 3 - Rondinelli, 14 - Ganso [c], 10 - Diego , 20 - Edmilson e 16 - Passarinho; 4 - Amauri, 15 - Dárcio, 5 - Jadson, 8 - Rodnei e 17 - Juninho; 12 - Ramon Santos, 13 - Xodó, 6 - Godião, 2 - Toupeira e 7 - Danilo Macário; treinador: Alexandre 'Feijão'.

Gols: Rondinelli, Juninho e Jadson.
Cartões Amarelos: Edmilson, Rondinelli e Juninho.
Pênalti convertido: Diego.


Nazza Informática F.C.: 12 - Gustavo, 2 - Dadai, 5 - Felipe Lira, 10 - Aranha [c], 4 - Armando Neto, 7 - Sandrão e 9 - Rafael; 3 - Sérgio, 11 - Max, 8 - Artur, 15 - Murilo, 13 - Matheus e 16 - Carlo; treinador: Paulo.

Gols: Rafael (2) e Sandrão.
Cartões Amarelos: Aranha, Dadai e Rafael.
Pênaltis convertidos: Aranha, Felipe Lira e Rafael.






APOIO - FUTEBOL 7 SOCIETY - PRINCIPAL







Nenhum comentário:

Postar um comentário