Seguidores

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

FUTSAL - Sub-14 - Categoria não contará mais com comando do treinador Marcus Vinicius 'Siri'. A Barra Funda estará em busca de um novo nome, para suprir essa sentida ausência.


Alexandre Feijão / 2013.
O professor Marcos Vinicius 'Siri' não será mais o treinador da categoria sub-14 de futsal da Associação Esportiva Barra Funda, que fará sua estreia nesse ano. Problemas de ordem profissional o afastará do cargo.



Marcus Vinicius 'Siri' não é mais o treinador da categoria sub-14 da Associação Esportiva Barra Funda. No meio da tarde de hoje (12/04), a diretoria do clube foi comunicada pelo próprio profissional do seu desligamento, ele que já estava na Barra Funda desde agosto de 2012, quando então foi criada a categoria sub-13 de futsal no clube. Alegando problemas de ordem profissional, Marcus Vinicius 'Siri' não iniciará os trabalhos no comando técnico dessa nova categoria, a sub-14, que foi criada para atender as determinações da Federação Paulista de Futsal, visando a participação de competições para a modalidade nessa temporada de 2014. A diretoria do "Dragão das Praias" ainda não tem um nome certo em vista, mas especula-se pelos corredores do clube, que uma solução caseira será a adotada para suprir essa sentida ausência. Interinamente, o treinador do sub-10, sub-12 e principal de futsal do clube, Alexandre 'Feijão', assumirá o comando da equipe, mas com a certeza de que a sua passagem pelo cargo será breve.



Alexandre Feijão / 2012.
Comandando o sub-13 da Associação Esportiva Barra Funda, Marcus Vinicius 'Siri' acumulou  32 jogos, com a marca de 17 vitórias (53,13% de aproveitamento), 6 empates (18,75%) e 9 derrotas (-28,13%).



Sob a batuta do treinador Marcus Vinicius 'Siri', a categoria sub-13 de futsal da Barra Funda disputou 32 jogos, onde venceram 17 vezes (53,13% de aproveitamento), empataram em 6 confrontos (18,75%), e tiveram o amargo sabor da derrota por 9 oportunidades (-28,13%). Durante esse período, o sub-13 da Barra Funda chegou nas semifinais do V Campeonato Guarujaense 2012, da VII Copa Verão 2013, e do VI Campeonato Guarujaense 2013, todas essas competições organizadas pela Liga de Futebol de Salão de Guarujá, além da II Copa União Santista 2013, que foi realizada pela entidade União Santista Futebol Clube. Os únicos troféus conquistados pelo "Dragão das Praias" no sub-13 nesse ciclo, foram os dos III e IV Festival de Futsal Clube Luso-Brasileiro de Guarujá, realizados em 2012 e 2013, respectivamente. A estreia de Marcus Vinicius 'Siri' como treinador do sub-13, aconteceu no dia 20 de agosto de 2012, com uma vitória de 6 a 0, sobre a equipe da Associação Desportiva e Classista Dow Brasil - Guarujá, em jogo amistoso. Já seu derradeiro jogo, foi o empate em 1 a 1 com o União Santista Futebol Clube, pelas quartas de final do VI Campeonato Guarujaense 2013, em 25 de novembro do ano passado, resultado que classificou a equipe para a semifinal do certame, onde infelizmente ele não pode dirigir o time naquela oportunidade. A diretoria da Associação Esportiva Barra Funda, publicamente manifestou seu desejo de sucesso para Marcus Vinicius 'Siri' nas atribuições de suas atividades profissionais, deixando o clube de portas abertas para um possível retorno dele, em novos projetos. Os meninos da categoria sub-14 da Associação Esportiva Barra Funda, contam o apoio da empresa PÉROLA LIMPA - MATERIAL DE LIMPEZA.



Lucília Ferreira / 2013.
Com Marcus Vinicius 'Siri' no sub-13, a Ass. Esp. Barra Funda foi semifinalista do V Campeonato Guarujaense 2012, da VII Copa Verão 2013, da II Copa União Santista 2013 e do VI Campeonato Guarujaense 2013.





APOIO - FUTSAL - SUB-14






Um comentário:

  1. Venho através dessa agradecer o periodo de muitas alegrias que fiquei à frente da categoria sub- 13, hoje sub-14 A.E. Barra Funda, estou me desligando por motivos profissionais,e no futuro, no momento que acertar todos meus horários, espero voltar a fazer parte dessa equipe que sempre terei uma grande consideração. Obrigado a toda diretoria, em especial ao professor Feijão e a todos atletas dessa categoria, que se não fosse eles o trabalho não teria resultado algum, ficarei torcendo de longe, com o coração na quadra. Abraços a todos!

    ResponderExcluir