Seguidores

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

FUTEBOL 7 - A alegria voltou a equipe. Vitória no amistoso disputado em Bertioga. Foi 7 a 4 sobre o Chapadão / Amigos da Bola Futebol e Samba.


Nem a forte chuva que caiu na noite de hoje (31/10), impediu que o bom futebol da equipe da Associação Esportiva Barra Funda voltasse a aparecer. No amistoso que foi realizado em Bertioga, a Barra venceu o Chapadão / Amigos da Bola Futebol e Samba pelo placar de 7 a 4.


O clima descontraido e leve, já era percebio desde o momento dos vestiários. Nem parecia que a equipe está saindo de uma recém desclassificação no Metropolitano 2011 . O técnico da equipe, Alexandre Souza (Feijão), enxergou isso como um bom sinal para um futuro próximo. "Poderiamos ter feito uma participação melhor no Metropolitano, mas infelizmente não deu. Mas fiquei feliz com o jogo de hoje, a reação que a equipe mostrou, saindo da má fase que vinhamos passando. Me dá animo para um futuro melhor para a Barra Funda".


O clima leve e descontraído já invadia o vestiário da Barra Funda antes da vitória no amistoso com o Chapadão por 7 a 4.
 

A Barra começou a marcar seus gols na 1ª etapa aos 10'15", com o ala Patché. O Chapadão empatou, com gol de Júnior aos 12'35". Mas a Barra Funda voltou a frente do marcador. Em jogada individual, o zagueiro Godião avançou pelo meio de campo e fez o seu, com 13'20" jogados. Aos 14'45", o meio Diego recebeu no lado esquerdo do meio de campo, avançou e bateu colocado no canto, tirando a bola do raio de ação do goleiro. Diego voltou a marcar aos 16'05, batendo forte no canto direito do goleiro adversário. Com 17'50", o pivô Márcio Japonês recebeu a bola e bateu firme, sem chances de defesa para o goleiro. Aos 19'05", Diego fez um golaço, batendo firme da linha do meio de campo, saíndo de seus pés um verdadeiro "pombo sem asa".


O meio Diego fez um golaço do "meio da rua"; foi o 3º gol dele no jogo, na vitória da Barra Funda por 7 a 4. 


No 2º Tempo, a Barra Funda deu uma relaxada e proporcionou uma certa reação da equipe de Bertioga. Aos 13'40", Júnior fez seu 2º gol no jogo, marcando de cabeça. Em jogadas parecidas, mas de lados diferentes, Marcelinho aos 16'00" do lado esquerdo, e Fabinho aos 17'15" do lado direito, marcaram seus gols em jogada de linha de fundo, com gols "quase sem ângulo". Com 19'30", um penalti em favor do Chapadão foi marcado. Júnior cobrou, mas o goleiro da Barra Funda, Bambam, fez excelente defesa, impedindo de vez a reação da equipe local. Outro destaque nesse período do jogo, foi a volta do ala Tapioca, após passagem pelo futebol profissional português. Ainda deu tempo de mais um gol da Barra, antes do final da partida. Aos 21'40", o ala Juninho apertou a saída de bola do Chapadão. O zagueiro Márcio atrapalhou-se e colocou a bola embaixo das pernas do goleiro, ao tentar um recuo de bola. Final de jogo, Barra Funda 7, Chapadão 4.


O goleiro Bambam fez excelente defesa em cobrança de penalti, encerrando assim, a reção da equipe do Chapadão.






Ficha Técnica do Jogo:

Ass. Esp. Barra Funda  7  x  4   Chapadão /Amigos da Bola Futebol e Samba.

Data: 31/10/2011.          Horário: 19:30h.
Local: Flipper Sport Center - Campo 1.
Arbitros: .

A. E. Barra Funda: Bambam (c), Godião, Jadson, Toupeira, Diego, Patché e Juninho; Rondinelli, Tapioca, Gilclay, Carlitos e Márcio Japonês. Téc.: Alexandre Souza (Feijão).

Gols: Diego (3), Patché, Godião, Márcio Japonês e Márcio (contra).

Chapadão / Amigos da Bola F.S.: . Janio, Edilson, Márcio, Marcelinho, Rogério, Fabinho e Júnior; Eraldo e Frank.Téc.: Marcelo.

Gols: Júnior (2), Marcelinho e Fabinho.






APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá







FUTEBOL 7 - Novamente limitado em número de atletas, Barra Funda joga bem, mas perde para o Corinthians / Big Preço.



A Associação Esportiva Barra Funda não conseguiu resistir ao poderio técnico, e principalmente númerico, da equipe do Sport Club Corinthians Paulista / Big Preço, em jogo válido pela 6ª rodada da 2ª Fase do Campeonato Metropolitano 2011 - 1ª Divisão. A equipe caiçara até jogou boa partida, principalmente na 1ª etapa, mas o Timão, dos selecionáveis Mike e Kauê, foi mais objetiva e conseguiu marcar os 4 a 0, praticamente selando sua classificação para as Semi-Finais.



O ala Ganso, mesmo jogando improvisado na zaga, fez uma ótima partida, apesar da derrota para o "Timão".


No 1º Tempo, a Barra Funda produziu algumas boas chances de gol, com os alas Dinho e Patché, o pivô Gilclay e o meio Rodnei. Aliás, Rodnei foi um dos destaques da Barra nesse jogo, ainda mais depois de aplicar uma linda caneta no jogador de Seleção Brasileira, o ala Kauê. Outro que apareceu bem nessa parte do jogo, foi o ala Patché. Dele saiu a maioria das jogadas de ataque da Barra, tornando-se o principal organizador do time. O Corinthians / Big Preço foi mais feliz e foi para o intervalo com 2 a 0 no placar.



O meio Rodnei aplicou uma bela "caneta" no jogador de Seleção Brasileira, o ala Kauê.


Na última metade da partida, o ritmo da Barra Funda diminuiu bastante, atraíndo cada vez mais os ataques do Corinthians / Big Preço. Nesse momento, o goleiro e capitão Bambam, além do zagueiro Carlinhos e o do ala, improvisado na zaga, Ganso, tiveram uma atuação quase impecável, não tendo 100% de êxito, devido aos 2 gols sofridos nesse período. 



O zagueiro Carlinhos nem parecia estar voltando de lesão muscular, desempenhando um bom papel na partida.



O próximo compromisso pelo Metropolitano, será no Sábado, dia 05 de novembro, na 7ª e última rodada da 2ª Fase, frente à equipe da UniSant'Anna / Don Bosco. O treinador Alexandre Souza (Feijão), resumiu o que espera da Barra Funda na próxima partida: "Gostaria de encerrar nossa participação no Metropolitano 2011 com uma vitória. Poderiamos ter feito uma jornada melhor no campeonato desse ano, mas uma série de acontecimentos não nos permitiu isso. Que nos sirva de lição para a próxima temporada".



A Barra Funda bem que tentou marcar o seu gol, como nessa sequencia após cobrança de falta, mas não foi feliz na derrota frente ao Corinthians / Big Preço.




Ficha Técnica do Jogo:

Ass. Esp. Barra Funda  0  x  4   S.C.Corinthians Plta. / Big Preço.

Data: 29/10/2011.          Horário: 18:30h.
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi).
Arbitros: Claudio e .

A. E. Barra Funda: Bambam (c), Carlinhos, Ganso, Rodnei, Patché, Dinho e Gilclay; Thiaguinho e Carlitos. Téc.: Alexandre Souza (Feijão).


S.C. Corinthians Plta. / Big Preço: .  ,   ,   , Polegar, Mike, Kauê e ;Téc.: Xepa .

Gols:  .






APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá







sábado, 29 de outubro de 2011

FUTSAL - Barra Funda / Tomodati vence Preço Justo / Leomil por 4 a 2 em jogo de "virada"! São os "Guerreiros" em ação também no Futsal.



Muitos desfalques. Número de atletas limitados. Essa história parece já ter sido contada anteriormente. Mas dessa vez, diferente do que havia ocorrido com a equipe de Futebol 7, a equipe de Futsal conseguiu a superação numa virada espetacular. Uma vitória que deixou a equipe da Associação Esportiva Barra Funda / Restaurante Tomodati na liderança do Grupo C, com 7 pontos ganhos. O resultado positivo de 4 a 2 foi sobre a equipe do Preço Justo / Leomil.


Na primeira etapa, o Preço Justo / Leomil saiu na frente do marcador aos 6'30", com Evando. A Barra Funda / Tomodati conseguiu seu empate aos 15'00", com gol do fixo Brunão, que após tabelar com o ala Juninho, recebeu a bola de frente para o goleiro adversário e tocou no canto oposto dele. Aos 16'50", o Preço Justo voltou a frente do placar, com gol do capitão Fernando.


O 2º Tempo reservou fortes emoções para a equipe da Barra / Tomodati. Jogando de forma compacta, marcando atrás da linha do meio de quadra, a principal arma da equipe foram os contra-ataques. Aos 13'50", Juninho aproveitou-se dessa estratégia e fez o gol. Aos 16'35", foi a vez do ala Jadson, com forte chute, fazer o seu gol, o da virada. Juninho voltou a marcar aos 19'40", dando números finais a partida: Barra Funda / Tomodati 4, Preço Justo / Leomil 2.


O próximo jogo da Barra Funda / Tomodati será no dia 04/11 (Sexta), ás 20:45, no Ginásio do Guaibê, contra a equipe do Lotus.


O fixo Brunão fez o 1º gol da vitória da Barra Funda / Tomodati na partida. Vitória que deu a liderança do Gurpo C do Campeonato Guarujaense 2011.


Ficha Técnica do Jogo:

Ass. Esp. Barra Funda / Rest. Tomodati  4  x  2   Preço Justo / Leomil.

Data: 28/10/2011.          Horário: 20:00h.
Local: Ginásio Municipal Marivaldo Fernandes (Guaibê).
Arbitros: Luciano do Espírito Santo e Marcos Roberto da Silva.

A. E. Barra Funda / Tomodati: Bambam, Brunão, Juninho (c), Jadson e Márcio Japonês; Chulapa e Valdo. Téc.: Wellinson Silva (interino).

Gols: Juninho(2), Brunão e Jadson.

Preço Justo / Leomil: . Claudio, Alexandre, Felipe, Daniel Pica-Pau e Fernando; Evandro e Vladimir; Tiago Cruz. Téc.: Francisco Nascimento.

Gols:  Evandro e Fernando.



PATROCÍNIO



sexta-feira, 28 de outubro de 2011

FUTEBOL 7 - Barra Funda entra em campo amanhã pela penúltima rodada da 2ª Fase do Metropolitano 2011 - 1ª Divisão.




Associação Esportiva Barra Funda e Sport Club Corinthians Paulista / Big Preço se enfrentarão amanhã (Sábado, 29/10) nas dependencias do Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi, São Paulo. SP), em jogo válido pela 6ª rodada (penúltima) da 2ª Fase do Campeonato Metropolitano 2011 - 1ª Divisão. O jogo será disputado ás 18:30 horas.


Para a Barra Funda o jogo não vale mais em termos classificatórios, mas fica sim o gosto de poder encerrar o campeonato de uma forma mais digna e decente. No seu último jogo, a Barra mesmo com apenas 9 atletas, jogou de forma aguerrida e honrada, mas infelizmente saiu de campo com uma derrota nos acréscimos da partida.


A Comissão Técnica da Ass. Esp. Barra Funda divulgou a lista dos 15 atletas pré-convocados para a disputa dessa partida:



 
1Alex Silva dos Santoszagueiro/meio
2Carlos Eduardo Inácio da Silva (Carlinhos)zagueiro
3Carlos Ricardo G. Félix Júnior (Carlitos)ala
4Claudio Roberto dos Santos Carneiro (Dinho)ala
5Diego Henry de Melo Bataello (Ganso)meio / ala
6Diego Loureiro Lobo Santosmeio
7Irenildo Carlos Trajano Lopes (Dentinho)pivô
8Marcelo Marcos dos Santos Eugênio (Patché)ala
9Márcio Bernardo Omine (Márcio Japonês)pivô
10Rodnei Paiva dos Santosmeio
11Rogério Martins Fonseca (Bambam)goleiro
12Thiago Souza de Oliveira (Thiaguinho)goleiro
13Vinicius Leite Britesala
14Wagner Tomas da Silva (Toupeira)zagueiro/meio
15Wellington de Sousa Ferreira  (Sonsinha)ala
 
 
 
 

O jovem ala Dinho estará em campo frente ao Corinthians / Big Preço pelo Metropolitano 2011.



"Sei que estamos fora das Semi-Finais. Mas temos uma equipe honrada, de atletas de carater e iremos cumprir nesses 2 últimos jogos, o papel de uma equipe que quer a vitória com toda convicção". O comentário do técnico Alexandre Souza (Feijão) veio de forma serena, demonstrando confiança no papel da Barra Funda no jogo frente ao Corinthians / Big Preço.




APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá







quinta-feira, 27 de outubro de 2011

FUTSAL - Sexta-feira (28/10) é dia de Futsal! A equipe da Barra Funda / Tomodati entra em quadra pelo Guarujaense 2011 em busca da liderança de seu grupo.



Na próxima Sexta (28/10), a equipe de Futsal da Associação Esportiva Barra Funda / Restaurante Tomodati (atual vice-líder) terá um jogo que poderá redefinir a liderança do Grupo C do Campeonato Guaujaense 2011, frente à equipe do Preço Justo (líder até o momento).


O jogo ocorrerá no Ginásio Municipal "Marivaldo Fernandes" (Guaibê), às 20 horas. Na competição organizada pela Liga de Futebol de Salão de Guarujá, a Barra Funda / Tomodati já atuou por duas vezes, tendo empatado contra o Vahia de Abreu por 2 a 2 e vencido o Santa Edwiges pelo marcador de 4 a 2. Com isso, a equipe soma 4 pontos, mesmo número de pontos do Vahia de Abreu, estando ambas 2 pontos atrás do Preço Justo.


O pivô Márcio Japonês, um dos artilheiros da Barra Funda / Tomodati com 2 gols, estará em quadra frente ao Preço Justo. 



O treinador Douglas Peres tem algumas dúvidas na escalação da equipe, pois poderá não contar com os fixos Wé e Diego, além do ainda novato ala Glauber (ainda não estreou no certame). Em copensação, os fixos Mutito e Valdo, e o ala Bré deverão enfirm estrear.





PATROCÍNIO







terça-feira, 25 de outubro de 2011

FUTEBOL 7 - O zagueiro / meio Toupeira, marcou o gol de número 200 da nova Era da Barra Funda.

Toupeira em ação no ano de 2.009, pelo Campeonato Paulista da 2ª Divisão.


Não deve ser fácil você ser um dos responsaveis por evitar a marcação de um gol. Não deve ser prazeiroso ser um atleta que não está entre os nomes mais ditos e comentados de um elenco de futebol, não ser uma das estrelas. Não deve ser bacana ouvir de muitos que você não passa de um jogador esforçado, que apenas corre pelo time em que joga . Mas deve ser sensacional entrar para a história de um clube, com algum fato ou marco importante.


Em momento de êxtase, Toupeira comemora o título paulista da 2ª Divisão em 2.009.


Assim deve se sentir o zagueiro / meio Wagner Tomas da Silva, ou simplesmente Toupeira. No último Domingo (23/10), na derrota por 3 a 2 frente ao Osasco Futebol 7, pelo Campeonato Metropolitano 2011 - 1ª Divisão, Toupeira marcou o 1º gol da Barra Funda naquele momento. E esse gol não foi um gol qualquer, um gol comum. Tratava-se do gol 200º da equipe de Futebol 7 da Barra Funda na nova Era do clube, a Era da Associação Esportiva. Toupeira não é de marcar muitos gols, tanto que foi também o seu 1º gol desde que a Sociedade passou a ser Associação, em abril de 2.010. De lá para cá, foram 25 jogos, 12 em 2.010, que passaram zerados em questão de gols e mais 13 jogos nesse ano, até o momento.


Ao lado do meio Diego e do goleiro Bambam, Toupeira exibe o troféu de Campeão Paulista 2.009 - 2ª Divisão.


Toupeira estreou pela Barra em 15 de janeiro de 2.009, na vitória por 5 a 3 em partida amistosa contra a Suprimar. Nesse ano, foram 2 gols em 35 jogos. Em 2.010 foram mais 2 jogos, sem nenhum gol marcado neles, no fim da Era Sociedade. Seus números então, são 3 gols em 62 jogos pela camisa da Barra Funda.



Em 2.010, a Barra Funda estréia na 1ª Divisão do Campeonato Paulista - 1ª Divisão. Toupeira estava nessa equipe.


Percebe-se que Toupeira não é um dos grandes artilheiros e nem tão pouco um dos expecionais jogadores habilidosos e técnicos que passaram pela Barra Funda, mas trata-se de um atleta de aplicação sem tamanho, um jogador de fibra e raça que joga pelo time colocando o seu coração na ponta da chuteira, um guerreiro de sangue, suor e lágrimas pela camisa que enverga. Campeão Paulista da 2ª Divisão em 2.009, Toupeira entrou uma vez mais para a história do clube, não só pelo seu estilo de jogo aguerrido, mas com um gol marcado, o gol de número 200 da Associação Esportiva Barra Funda.





No dia em que marcou o seu 1º gol da Era Associação Esportiva Barra Funda, Toupeira marca o gol de número 200 desses tempos.






APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá







domingo, 23 de outubro de 2011

FUTEBOL 7 - "Guerreiros" da Barra Funda enfrentam forte calor e cedem virada no minuto final pelo Metropolitano 2011 - 1ª Divisão.



GUERREIROS! Não há outra palavra para definir os 9 atletas da Associação Esportiva Barra Funda que enfrentaram, além da boa equipe do Osasco Futebol 7, o forte calor que fez na capital paulistana e os erros da arbitragem que continuam acontecendo. O placar foi de 3 a 2 para o Osasco, o que deixou a classificação da Barra Funda para as Semi-Finais do Campeonato Metropolitano 2011 - 1ª Divisão impossível. Mas dignidade é o que não falta para a equipe de Guarujá, que ainda terá 2 compromissos frente ao Corinthians / Big Preço (29/10) e UniSant'Anna / Don Bosco (05/11), a cumprir.



Toupeira marcou o primeiro gol da Barra Funda na partida, cabeceando para o fundo do gol.


Na 1ª etapa da partida, o calor judiou das duas equipes, que tentaram algumas vezes furar as defesas adversárias, causando maior desgaste dos atletas de ambas. O Osasco saiu na frente. Após cruzamento do pivô Dentinho, o zagueiro / meio Toupeira, de cabeça, marcou para a Barra Funda, empatando o placar. A equipe caiçara se fechou na defesa e evitou que o time da região da Grande São Paulo chegasse com maior perigo ao gol.



O experiente pivô Dentinho, fez o passe para o 1º gol e marcou o seu, batendo forte para o gol, sem defesas para o adversário.


O jogo foi desenrolando com chances dos dois lados no 2º Tempo, mas a Barra Funda chegou ao seu gol de virada, aos 13'15", com o pivô Dentinho. Ele aproveitou a bobeada da defesa adversária, aproveitando-se de uma sobra de bola, girou e bateu cruzado para o fundo das redes. A Barra tentou se fechar na defesa e viver de contra-ataques; a tática quase deu certo, mas os gols não saíram. Além disso, com o número reduzido de reservas, para poder revezar-se dentro de quadra, a equipe contou também com uma arbitragem de interpretações duvidosas.



O goleiro Bambam fechou o gol, defendendo tudo o quanto pode, quase evitando a derrota da Barra Funda.


Nesse período, 4 cartões amarelos foram distribuidos para os atletas da Barra Funda, o que prejudicou demais as pretensões de um bom resultado, já que o cartão amarelo deixa a equipe sem aquele jogador que recebeu a punição por 2 minutos. Num lance furtivo, de fora da área, o Osasco achou o seu gol de empate, restando 1 minuto para o fim do tempo normal. Já nos acréscimos, a Barra foi ao ataque com Dentinho, que tentou o cruzamento que foi interceptado pela mão do zagueiro adversário. A arbitragem não marcou a infração, a jogada continuou e na linha de fundo, Toupeira tentou a marcação, mas infelizmente caiu por cima do atleta do Osasco. 6ª falta cometida, cobrança de shoot-out que o atleta contou com a sorte de a bola bater na trave e retornar aos seus pés, para ser empurrada para dentro do gol. O jogo teve mais 1 minuto de acréscimo, mas a Barra não conseguiu ter mais forças para chegar ao empate; final de jogo: Barra Funda 2 x 3 Osasco F7.




Cobrança de falta do zagueiro Godião, choca-se contra a trave, mas não entra no gol. Uma das várias chances de gol frustradas, executadas pela Barra Funda.


"Só posso agradecer a esses 9 guerreiros que estiveram em quadra hoje. Apenas 2 reservas, sendo que um era o Thiaguinho, goleiro reserva que jogou como atleta de linha para nos ajudar, um forte sol que nos debilitou demais e uma arbitragem que teve dupla interpretação em várias jogadas. Mesmo assim, caímos, mas de cabeça erguida. Bambam defendou muito no jogo. Godião foi um monstro na partida e merecia ter feito o gol na cobrança de falta. Toupeira foi um marcador implacável e teve um gol como prêmio, fato raro para ele. Ganso foi o motorzinho da equipe e anulou quase todas as jogadas adversárias. Sonsinha foi a cabeça pensante, que articulou várias jogadas de ataque e se esforçou na marcação adversária. O garoto Dinho tentou demonstrar seu bom futebol, mas esbarrou na sua ansiosidade, mas teve bons momentos no jogo. Dentinho usou sua experiência para segurar a zaga oponente e criou várias chances de gol, além de fazer o seu. Carlitos foi o coringa da equipe, entrando sempre para descansar os atletas exauridos e fez seu papel da melhor forma. E o Thiaguinho, sacrificou-se como jogador de linha para ajudar a Barra a sair com uma vitória. Não deu, mas fica aqui uma lição. Não é só de grandes nomes que é feito uma equipe de futebol. Uma equipe de futebol é feita de fibra, raça, emtrega e alma, e esses 9 que aqui estiveram, sintetizaram tudo o que eu digo em ações dentro de campo. Obrigado a esses 9 GUERREIROS!" Emocionado, o técnico da Barra Funda, Alexandre Souza (Feijão), produziu em palavras um verdadeiro discurso de agradecimento aos que estiveram vestindo a camisa da equipe caiçara nessa tade.



O goleiro Thiaguinho, sacrificou-se como jogador de linha, para ajudar a Barra Funda nessa partida. Era apenas 1, dos 9 "Guerreiros"!






Ficha Técnica do Jogo:

Ass. Esp. Barra Funda  2  x  3   Osasco Futebol 7.

Data: 23/10/2011.          Horário: 12:30h.
Local: Arena Sport Brasil (Estádio).
Arbitros: Marivan e Adriano Gama.

A. E. Barra Funda: Bambam (c), Toupeira, Godião, Ganso, Sonsinha, Dinho e Dentinho; Thiaguinho e Carlitos. Téc.: Alexandre Souza (Feijão).

Gols: Toupeira e Dentinho.

Osasco F.7: .Téc.:  .

Gols:  .






APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá







FUTEBOL 7 - Barra Funda perde e complica sua situação no Metropolitano 2011 - 1ª Divisão.


A derrota da Associação Esportiva Barra Funda, sofrida na tarde de hoje (22/10) nas dependências do Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), para a equipe do Guarujá / Self Transportes pelo placar de 5 a 1, complicou o caminho para a classificação para as Semi-Finais do Campeonato Metropolitano 2011 - 1ª Divisão. Para a Barra, só resta vencer as últimas 3 partidas e torcer por algumas combinações de resultados.


Barra Funda e Guarujá fizeram uma partida muito movimentada no Clássico da Pérola do Atlântico, mas a equipe oficial da cidade teve maior competencia para levar a vitória e por um placar elástico. A Barra Funda voltou a demonstrar os mesmos problemas de finalização e de marcação, fatos que já haviam ocorrido em outras partidas.



O zagueiro Rondinelli (3), tenta sair da marcação adversária. Os alas Sonsinha (esq.) e Juninho (dir.), aguardam o passe na sequencia da jogada.



No 1º Tempo, o Guarujá / Self saiu na frente. O pivô Carioca saiu da marcação do zagueiro Jadson e conseguiu, mesmo desequilibrado, bater cruzado em direção ao gol. A Barra começou a ter um maior volume de jogo e conquistou o empate com gol do meio Diego. Ao final dessa 1ª metade de jogo, o Guarujá / Self aumentou o marcador. O ala Sonsinha (da Barra Funda) tentou chutar ao gol, onde foi interceptado. O passe preciso após o desarme, encontrou Dé que fez o gol.


Logo nos primeiros minutos da 2ª Etapa, O Guarujá / Self marcou seu 3º gol com Tuta. Após sofrer esse gol, a Barra Funda começou a pressionar mais a equipe adversária. A pressão só não foi maior, porque não resultou em gols, e oportunidades não faltaram. O meio Diego e o pivô Márcio Japonês perderam as chances quase embaixo da trave. O Guarujá / Self começou a se aproveitar dos contra-ataques e Gersinho marcou o gol. A Barra continuava a apertar. O zagueiro Godião cabeceou a bola no travessão e o ala Patché bateu ao gol, mas a bola passou pelo lado de fora. No último minuto, denovo numa contra-investida, Dédi deu números finais ao jogo, ao encobrir o goleiro Thiaguinho. Final de jogo, Barra Funda 1, Guarujá / Self 5.


Amanhã (23/10), a Barra Funda tentará a sua reabilitação, em jogo marcado para as 12:30, na Arena Sport Brasil (Vila Prudente, São Paulo. SP), contra o Osasco Futebol 7. A Barra não contará com as presenças do zagueiro Rondinelli e do ala Juninho. Deverão ir para essa partida além dos atletas que estiveram hoje em campo, o zagueiro / meio Toupeira, os alas Ganso e Dinho e o meio Carlitos.


O zagueiro Godião tentou auxiliar no ataque, mas não teve êxito. Barra Funda perde e se complica no Metropolitano 2011 - 1ª Divisão.



Ficha Técnica do Jogo:

Ass. Esp. Barra Funda  1  x  5   Guarujá / Self Transportes.

Data: 22/10/2011.          Horário: 15:00h.
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi).
Arbitros: Adão e.

A. E. Barra Funda: Thiaguinho, Godião, Jadson, Diego , Juninho (c), Sonsinha e Márcio Japonês;  Rondinelli, Patche e Dentinho; Bambam. Téc.: Alexandre Souza (Feijão).

Gols: Diego.

Guarujá / Self Transp.: Dida, Rafael, Dédi, Tuta, Dé, Bré e Carioca; Dado, Gersinho e Tarciso; Chulapa.Téc.: Luiz Antônio Maria (Kri Kri).

Gols:  Carioca, Dé, Tuta, Gersinho e Dédi.






APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá







sexta-feira, 21 de outubro de 2011

FUTEBOL 7 - Fim de semana decisivo para a Barra Funda na continuidade no Metropolitano 2011.



Esse final de semana será decisivo para a Associação Esportiva Barra Funda para a sua continuidade na disputa do Campeonato Metropolitano 2011 - 1ª Divisão. Amanhã (22/10), a Barra terá pela frente a equipe do Guarujá / Self Transportes no Clássico da Peróla do Atlântico. Já no domingo (23/10), o adversário será o Osasco Futebol 7.


A situação para a Barra Funda é complicada, já que em 3 jogos, ela tem até o momento só 3 pontos, com o agravante de poder perde-los, caso seja realmente considerado um WO contrário no jogo da 2ª rodada  da 2ª Fase, contra a A.A. Atlas. Nessa oportunidade, a equipe caiçara não conseguiu chegar a tempo no campo de jogo, graças ao imenso tráfego na subida da serra, pela Rodovia dos Imigrantes. A Barra havia vencido o Engemon / Scheneider, pelo placar de 3 a 1 e foi derrotada pelo São Paulo Futebol Clube, na última rodada por 5 a 4.


Na 1ª Fase, o Guarujá / Self Transportes venceu a Barra por 4 a 2. O zagueiro Jadson foi o autor dos 2 tentos da Barra nessa oportunidade.  O jogo que ocorrerá nesse Sábado, será ás 15 horas, nas dependências do Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi - São Paulo. SP). Já contra o Osasco F7, na Fase anterior, a Barra venceu por 2 a 1, com gols do meio Dentinho e do pivô Dentinho . Esse jogo que será disputado no Domingo, terá o horário de 12:30, na Arena Sport Brasil (Vila Prudente - São Paulo. SP).


A Comissão Técnica da Ass. Esp. Barra Funda divulgou a lista dos 19 atletas pré-convocados para a disputa das 2 partidas:


1Alex Silva dos Santoszagueiro/meio
2Anderson  Marques de Jesus (Godião)zagueiro
3Diego Henry de Melo Bataello (Ganso)meio / ala
4Diego Loureiro Lobo Santosmeio
5Diego Orlando dos Santosmeio
6Irenildo Carlos Trajano Lopes (Dentinho)pivô
7Jadson Brito Chagaszagueiro / ala
8Jorge Luiz Pinheiro dos Santos (Xodó)zagueiro
9José Wellington F. Cunha Júnior (Juninho)ala
10Marcelo Marcos dos Santos Eugênio (Patché)ala
11Márcio Bernardo Omine (Márcio Japonês)pivô
12Onairam Pinheiro Estevãoala
13Rodnei Paiva dos Santosmeio
14Rogério Martins Fonseca (Bambam)goleiro
15Rondinelli de Almeida Santoszagueiro
16Thiago Souza de Oliveira (Thiaguinho)goleiro
17Wagner Tomas da Silva (Toupeira)zagueiro/meio
18Wellington de Sousa Ferreira  (Sonsinha)ala
19Welton Alves do Carmoala




O ala Sonsinha é uma das principais "armas" para a conquista das vitórias que podem levar a Barra Funda às Semi-Finais do Metropolitano 2011.



 
"Não temos outra alternativa, a não ser irmos com sede de vitória para esses dois jogos. São duas equipes fortes, de muita qualidade técnica, tanto o Guarujá / Self, como o Osasco F7, mas como dependemos só de nós mesmos para a classificação para as Semi-Finais, iremos entrar nesses jogos com o objetivo único da vitória. Tenho a confiança de conseguirmos essas vitórias. Confio demais nos nossos jogadores, na nossa equipe". O técnico Alexandre Souza (Feijão), mostrou-se muito confiante na sua equipe ao declarar o que sente para essas duas partidas.




APOIO



Prefeitura Municipal de Guarujá